Apesar da alta demanda, em um País com 13 milhões de desempregados, faltam profissionais no segmento de TI

Em 2019, o Brasil soma 12,7% de desempregados, atingindo 13,4 milhões de pessoas segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Porém, o setor de tecnologia tem se desprendido da maioria das áreas profissionais no país e soma mais de 5 mil vagas somente em startups.

Segundo a Associação Brasileira de Startups (Abstartups), entre janeiro e abril deste ano, cerca de 2 mil empresas foram fundadas no setor. Rodrigo Ricco, CEO e fundador Octadesk, startup desenvolvedora de sistemas para a gestão do relacionamento com o cliente, separou quatro vagas que estão em alta em 2019.

1. UX Designer

O especialista em Experiência do Usuário (User Experience – da sigla em inglês) tem a função de criar produtos e serviços que vão ajudar pessoas a fazerem algo com facilidade. O principal objetivo do profissional é se colocar no lugar do consumidor, afinal, é para ele que você irá desenhar o produto. Como Designer, é essencial saber aplicar os princípios básicos de design gráfico.

2. Growth Hacker

O profissional de Growth Hacker se concentra em resultados consideráveis e em alternativas inovadoras para o crescimento escalável de uma startup, com o pensamento analítico e métricas sociais para vender produtos e ganhar exposição. Os growths estão usando técnicas como o SEO (Search Engine Optimization), análise de sites, marketing de conteúdo e testes A/B.

3. Desenvolvedor Full Stack

Falando em programação web, existem duas frentes: front-end e o back-end. O Desenvolvedor Full Stack (ou full stack developer, em inglês) é responsável por atuar nas duas áreas de conhecimento, resolvendo problemas e criando soluções. Portanto, um Desenvolvedor Full Stack possui conhecimento para trabalhar em diversos segmentos no desenvolvimento de software.

4. Data Scientist

Um cientista de dados é um profissional com qualificação superior aos demais envolvidos na linha de frente com quantidades exponenciais de dados. Geralmente, é o responsável por conduzir as mais variadas formas de análises de dados, pois possui conhecimentos em tecnologias como o Hadoop – programa de software distribuída voltada para clusters e processamento de grandes volumes de dados – e outras plataformas de código aberto. O que diferencia esse profissional é o conhecimento teórico sobre como manipular os dados do jeito mais adequado.

Fonte: CIO